Home / Display / Presidente do PL afirma que acordo pela presidência da câmara será cumprido em Herval

Presidente do PL afirma que acordo pela presidência da câmara será cumprido em Herval

O dia 16 de Dezembro, será marcado pela eleição da presidência da câmara de vereadores em Herval d’ Oeste, e historicamente os acordos firmados entre os partidos da base aliada, não são cumpridos para o último ano do legislativo.

Presidente do PL, e ex prefeito de Herval d’ Oeste Paulo Nerceu Conrado. Foto: Caco da Rosa

Muito se fala nos bastidores políticos em Herval d’ Oeste, se o PL(Partido Liberal), irá cumprir com o acordo firmado junto ao PP(Partido Progressista), desde 2017. O acordo firmado entre as duas siglas partidárias, da conta de que a presidência da casa ficaria um ano, com o PL e no outro ano com o PP.

Em 2017, no primeiro ano da atual legislatura, a presidência da casa, ficou com o vereador Vanderlei Antunes da Silva(PL), como o apoio dos demais vereadores do PL e do PP. Já no ano seguinte, em 2018, o acordo foi cumprido, mesmo havendo problemas internos no PP, quando o vereador Valdenir Antonio Rodrigues, acabou se elegendo presidente. Neste ano de 2019, o acordo firmado também foi cumprido, com a eleição de Adelar Provênci como presidente da casa, com o apoio dos vereadores do PP.

Ventila-se que o acordo para o próximo ano, não seria cumprido pelo PL, e que poderia haver um racha na administração do Prefeito Américo Lorini(PL) e do vice Mauro Martini(PP).

Nossa reportagem procurou o presidente do PL, o ex-prefeito Paulo Nerceu Conrado(Mancha), que foi enfático ao afirmar que o acordo será cumprido.

Sobre a situação envolvendo o projeto que criaria um novo cargo na câmara de vereadores, em que o PP foi contra, Mancha falou o seguinte.

Questionado sobre a administração do prefeito Américo Lorini, Mancha destaca o esforço em deixar o município com as finanças equilibradas.

Mancha também mencionou a possibilidade do PL, estar compondo a majoritária, sendo vice do PP em 2020.

Questionado se o vice prefeito Mauro Martini foi convidado a se filiar no PL, Mancha foi enfático em afirmar que o convite não partiu dele.

Por fim, o ex prefeito foi indagado, se será candidato a majoritária em 2020, e afirmou que tem vontade sim, porém existe um problema jurídico que o impede.


Veja agora

Bombeiro Voluntário ajuda a salvar criança que se engasgou com leite materno

Por telefone, um bombeiro voluntário de Concórdia ajudou a salvar uma criança de 27 dias …